Buscar
  • Carla LOBAO - L' Services

CESU - O que acontece quando o patrão está ausente, ou o dispensa de forma imprevista?

Atualizado: 5 de Jan de 2019


O que acontece na ausência do patrão?

Em caso de ausência imprevista, o empregador deve continuar a pagar e declarar seu empregado. O empregador não pode impor uma licença adicional ao empregado por motivos pessoais. Quando o empregador está longe de casa, de forma inesperada, por razões de saúde (hospitalização, etc.), família ou outros fins pessoais e exige que o empregado não venha trabalhar. Neste caso, ele deve continuar a pagar e declarar seu empregado como se ele tivesse trabalhado normalmente em suas horas.

A ausência do empregador não pode gerar em nenhum caso uma perda de salário para o empregado.

Ao estabelecer o contrato de trabalho e por mútuo acordo, o empregador tem a possibilidade de notificar períodos de ausências previsíveis durante os quais ele pode pedir ao seu empregado para não trabalhar.

Na Pratica: Mr Martin deve estar ausente por dez dias para cuidar de seus netos. Ele pede a D. Gertrudes, sua empregada de limpeza, para não vir trabalhar durante este período. No entanto, ele paga-lhe o seu salário como se ela tivesse trabalhado durante todo o mês.


#CarlaLobaoLServices

Source:https://www.cesu.urssaf.fr/info/accueil/gerer-la-relation-de-travail/les-absences-et-jours-feries/que-se-passe-t-il-en-cas-dabsenc.html?fbclid=IwAR15K1erwgVo2jL4aOa2gZgQ4aJdfVqiZ0Nr2yDszhKxSEHyud9CWwa1diA

0 visualização