Buscar
  • Carla LOBAO - L' Services

Deduções fiscais os "Frais Réels", como calcular?

#impots #declarationimpots #CarlaLobaoLServices #economie #impostos #frança #fraisréels


A escala dos quilômetros deve ser usada para declarar as despesas de viagem incorridas no ano 2018. Esses custos devem ser deduzidos dos seus rendimentos se optar pela dedução das despesas reais e não pela dedução padrão de 10%.

Como todos os anos, no momento da declaração de impostos põe-se a questão da dedução das despesas reais ou não. Como forma de lembrete, o fisco propõe automaticamente a dedução de 10% de despesas sobre os seus rendimentos, mas você pode optar por deduzir as suas despesas profissionais reais. Estas despesas são essencialmente relacionadas com as refeições exteriores e o uso de um veículo para chegar ao trabalho. Nesse sentido, há uma escala de quilômetros publicada anualmente pelas autoridades fiscais.


Quais as despesas que a escala de km 2019 cobre?

Para evitar ter que calcular o custo real de usar o seu veículo, as autoridades fiscais criaram uma escala de quilômetros . Isso leva em conta as despesas correntes relacionadas com o uso do seu carro ou duas rodas: seguro de carro , manutenção e reparos, depreciação do veículo, combustível e desgaste, etc. Para todas estas despesas, você não pode deduzir mais do que o que foi fornecido pela aplicação da escala.

Por outro lado, algumas despesas que você pode ter que suportar não estão incluídas na escala do km. Estes incluem portagens e tickets de estacionamento, cujos valores você pode adicionar aos seus custos reais, tendo o cuidado de calcular unicamente as despesas de teor profissional.


Escala de km 2019

A escala quilométrica foi limitada por vários anos a 7 cv fiscais. Para 2019, a escala de km beneficiou de uma reavaliação para motores de baixa potência (3 e 4 cv).


Atenção! Não mais de 80 km por dia, salvo algumas excepções!

Se você não puder justificar uma razão séria que justifique a distância entre a sua casa e o seu trabalho, a distância que você pode usar para calcular os seus custos reais é limitada a 40 km por viagem ou 80 km ida e volta.

Da mesma forma, você não pode declarar duas idas e voltas por dia para ir almoçar, a menos que uma razão grave, como problemas de saúde, a presença em casa de uma pessoa com necessidades especiais ou horários de trabalho atípicos.


Nenhum justificativo a enviar

Mas guarde os justificativos, o fisco pode efetuar um controle da sua declaração até três anos antes!


Como aplicar a escala dos km?

Para saber o valor das despesas de viagem que você pode declarar, basta inserir a distância "d" percorrida no ano até a fórmula de cálculo correspondente ao seu motor e à distância.


Por exemplo: em 2018 você viajou 80 km ida e volta por dia útil e trabalhou 228 dias. Por conseguinte, declarará uma distância de 18 240 km por ano (80 km x 228 d)

Essa distância coloca-o imediatamente na escala correspondente às distâncias percorridas entre 5001 e 20.000 km. Portanto, deve aplicar a fórmula correspondente ao número de CVs do seu veículo:

  • para 3 cv você obterá 5830 €: (18 240 X 0,270) + 906

  • para 4 cv você obterá 6444 €: (18 240 X 0,291) + 1136

  • para 5 cv você obterá 6751 €: (18 240 X 0,305) + 1188

  • para 6 cv você obterá 7081 €: (18 240 X 0,32) + 1244

  • para 7 cv você obterá 7435 €: (18 240 X 0,337) + 1288


Escala de km aplicável para os ciclomotores

Os ciclomotores têm uma escala específica de km, dependendo da capacidade do motor e da potência fiscal.

Lembre-se de calcular as suas outras despesas profissionais!

Além de suas despesas relacionadas com as suas viagens para o trabalho, você pode também declarar refeições feitas fora de sua casa, a compra de equipamentos ou aluguel de instalações comerciais, etc...


L' Services - Balcão Unico do Emigrante

07. 77 .99 .37 .77

37 Rue des martyrs de la résistance

69200 Venissieux

www.lservices.fr

www.facebook.com/lserviceslyon

@Carla_lobao_lservices

178 visualizações